Oficinas Criativas

Inscreva a sua turma através do mail cienciarte@uevora.pt 

Atividades Já Realizadas
Para Quem?
Estudantes do Pré-escolar e básico
Onde?
Museu de Évora
Quando?
7 de Outubro de 2020
Partilhar histórias de Objectos
Para Quem?
Para alunos do pré-escolar e primeiro ciclo
Quando?
5 de Junho de 2020
Histórias que os bustos contam
Para Quem?
Estudantes do Pré-escolar e básico
Onde?
Museu de Évora
Quando?
6 de Maio de 2020
Partilhar histórias de Objectos
Para Quem?
Para alunos do pré-escolar e primeiro ciclo
Quando?
17 de Abril de 2020
Histórias que os bustos contam
Para Quem?
Para alunos do 10 e 11º anos
Quando?
4 de Março de 2020
Évora: da cidade ao documento

A actividade pretende dar a conhecer os métodos e técnicas de trabalho da pesquisa documental desenvolvida pelos historiadores. Dar-se-á a conhecer documentação histórica importante para o conhecimento da História da Cidade, desenvolvendo actividades criativas. Os alunos despertarão para a importância de preservação e conservação da documentação histórica, e para o papel fundamental dos arquivos na preservação da memória, através da parceria com o Arquivo Distrital.

Para Quem?
Estudantes do Pré-escolar e básico
Onde?
Museu de Évora
Quando?
4 de Março de 2020
Partilhar histórias de Objectos
Onde?
Colégio Espírito Santo
Quando?
28 de Fevereiro de 2020
Histórias que os bustos contam

Para que serve uma estátua? O que informa? Quem a encomenda e porquê? Estas perguntas surgem quando contemplamos as esculturas. Nesta viagem artística María Zozaya contará como as estátuas antigamente eram a melhor forma de fazer propaganda visual, de manifestar os poderes tradicionais, ao mesmo tempo que refletiam os novos poderes da burguesia, que iam ser representados nos modernos espaços de sociabilidade.

Exploraremos as estátuas existentes em Évora realizadas entre 1830 e 1930. Dessa época, conhecem-se apenas os bustos que hoje estão nos seus jardins, mas nesta actividade vamos descobrir muitas esculturas de reis, aventureiros e intelectuais que estão escondidas na memória das fotografias ou em diversos espaços da cidade. Começaremos no interior da sala de aula com algumas actividades em torno da escultura e do seu significado para passar à observação exterior das esculturas do jardim do CES.

Mais informação:

    - M. Zozaya, « Espejos del yo: bustos y biografías en la SHE », Sociabilidad y Élites, 04-06-2014, ISSN: 2444-8052, https://sociabilidad.hypotheses.org/272  

    - M. Zozaya, “Figuras falantes. Esculturas do período Burgués em Évora (1850-1930)”, (tradução Fernando Mendes),  M. Soler, M. Valente, A. Candeias (Eds.), Évora com Ciencia, percursos. Univ. Évora, 2019, ISSN, 978-972-778-135-5, pp. 301-324, https://bit.ly/2PtJsBa

    - M. Zozaya, «Conversa sobre as esculturas da cidade de Évora (1860-1930), no âmbito da iniciativa Patrimónios de Évora», Museu Frei Manuel de Cenáculo, Évora, 11-04-2019, https://www.cidehus.uevora.pt/atividades/noticias/(item)/27229

    - M. Zozaya, “Ciudad burguesa acéfala. Esculturas fuera del plano nacionalizador y bustos que encarnan asociados en los espacios de sociabilidad de Évora”, M. Ramírez y G. Rodríguez  (Coords.), Centros y Periferias, Confluencia, empoderamiento e innovación en humanidades.  Academia del Hispanismo, 2018, pp. 151-174. ISBN: 978-84-16187-91-1. https://bit.ly/2wTW3Hl

Para Quem?
Estudantes do Pré-escolar e básico
Onde?
Museu de Évora
Quando?
8 de Janeiro de 2020
Partilhar histórias de Objectos